Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Novembro, 2012

Me perder

Quando você me perder, não abra a janela esperando ver meu sorriso na luz do sol e nem olhe para o céu esperando ver meus olhos. Olhe para dentro de você e veja o quanto de arrependimento pode aguentar. Veja o quanto de falso afeto você pode fingir, veja o quanto de mentiras você consegue contar para si mesmo. Quando perceber, estarei longe e você no mesmo lugar. Quem me perder, perde uma vez só.

As canções e os filmes

Estava pensando em um texto, que nem lembro quem escreveu e há quanto tempo li, mas sei que faz alguns anos. O texto explanava sobre como os romances são marcados pelas canções e pelos filmes e sou um exemplo disso. Por vinte anos vivi uma espécie de limbo afetivo, tormentoso, defensivo, caótico. Tive algumas paixões malucas e um relacionamento muito longo, mas o engraçado é que as canções e os filmes que lembro são de um ano atrás, mais ou menos. Eu vivi esses vinte anos em uma espécie de sombra de  mim, não consigo reconhecer a pessoa que sou hoje com aquela, mas somos a mesma, apenas duas facetas de uma mulher. Sempre gostei de música, sempre associei canções aos meus momentos, mas os tais vinte anos viraram fumaça sonora. Hoje tenho certeza de que amadureci, evoluí e amansei, era estilo metralhadora giratória até meus vinte e seis anos e permaneci uma rebelde sem causa até os trinta e seis anos. As canções que poderiam lembrar alguém são apenas canções, muitas delas, eu gosto de o…

O pão e as migalhas

Vivo uma fase muito boa em minha vida, mas que apresentou seus reveses. Renasci há algum tempo e, desde então, reaprendi tudo sobre mim. Inclusive, uma frase que ecoava em minha cabeça, no início desse período, é que me sentia engatinhar. Estranho? Não se você me conhecesse, aliás, não se você SE conhecesse. Sempre que a vida encerra um ciclo (e que, na maioria dos casos é longo, muito longo) nós recomeçamos, renascemos, reconstruímos, evoluímos. Quem passa incólume à vida e seus constantes e bruscos reveses, chacoalhões, terremotos, mutações, é um zumbi, um morto-vivo, uma pessoa indigna de se intitular VIVO. Quem vive, cai, levanta e anda, algumas vezes, corre. Você está lendo até aqui e provavelmente pensando que tive alguma doença grave. Não, minha única doença foi relutar muito em dar fim a um relacionamento. Foi muito difícil para mim, já escrevi e cansei de falar sobre.

Até hoje, não entendo como pude aceitar migalhas em minha passada vida afetiva. Como aceitei pouco carinho, po…

Manual da TPM para homens

Caro Homem Moderno, você precisa de umas dicas para sobreviver à nossa TPM. Sabemos que, para você, é uma verdadeira odisseia passar seus dias e noites com uma mulher que oscila de humor e atitude ao menos uma vez por mês. A primeira delas é: tenha juízo e caia fora. Mantenha distância absoluta, ainda mais se você não for o tipo de cara que sabe lidar com diferenças. Já entendi que você ignorou meu primeiro conselho, então, não reclame. Deixou de lado o bom senso e permaneceu por perto de uma mulher em TPM. Apesar do meu aviso, resolveu ficar ali, cuidando e acariciando sua linda amostra do Apocalipse. Para que você consiga passar indefinidamente por esse período com o mínimo de danos, recomendarei algumas atitudes muito salutares (ao menos para você).

Entenda o princípio  de tudo. Sofremos todos os meses um bombardeio hormonal a fim de ovularmos e, posteriormente, menstruar. Não é fácil a tempestade emocional de uma mulher, afora os eventuais desconfortos físicos, como cólicas, enxaqu…

Reflexões para a minha amiga

Bah, mulher, você diz que em vez de consultar o Google vai consultar a mim, hehe. Acho tão engraçado, mas fico feliz que me veja dessa maneira. Feliz que possa ajudar alguém na caótica vida afetiva dos tempos modernos, mas a minha não está lá nos trilhos, enfim. Acho que meu orgulho fez com que quebrasse tanto a cara, conduzisse minha vida de uma maneira tão rígida para, apesar de tudo, arrumar confusão maior do que se deixasse meu coração falar. Brigona, teimosa, e cheia de teorias da conspiração, essa era eu. Bem, continuo teimosa e com algumas teorias, mas deixo as brigas para o momento certo e sempre com bom senso. Troquei o orgulho pela dignidade e pelo respeito próprio, fiz uma ótima troca. Então, lhe digo, amiga: essa história de ouvir mais a cabeça que o coração é merda pura. Porque a cabeça lê o racional, o palpável, mas aquele quê intangível só o coração nos diz. Óbvio que não podemos nos cegar pelos nossos desejos, mas ainda assim será sua cabeça neurótica que vai ignorar o…

Born and Raised - John Mayer

Now and then I pace my place I can't retrace how I got here
I cheat the light To check my face It's slightly harder than last year
And all at once It gets hard to take It gets hard to fake what i won't be 'Cause one of these days I'll be Born and Raised And it's such a waste to grow up lonely
I still have dreams They're not the same They don't fly as high as they used to
I saw my friend He's in my head And he said, "you don't remember me, do you?"
And all at once It gets hard to take It gets hard to fake what I won't be Cause one of these days I'll be born and raised And it's such a waste to grow up lonely
I still got time I still got faith I call on both of my brothers I got a mom I got a dad But they do not have each other
So line on up And take your place And show your face to the morning

Ela não é para casar

Eu assumo ser feminista há muitos anos, mas uma feminista consciente, não uma doida insana que acredita serem os homens o mal do mundo. Sei que somos difíceis, na verdade, todo adulto com alguma bagagem de vida será difícil. Conquistamos muito nesses anos todos, mas o que não conquistamos é o direito a ser quem somos, sem máscaras. Dizem por aí que o machismo declinou, o que não é verdade, em minha modesta opinião. O machismo, o preconceito e os tabus sobre a mulher estão aí, velados. Dentre tantos, o que eu e minhas amigas comentamos seguidamente é sobre essa história muito viva da mulher para casar. E quem é essa mulher? Certamente ela dirige, é discreta, jamais dá gargalhadas, até pode gostar de rock, mas nunca irá chorar escutando alguma letra, porque não sabe o que é emoção. Jamais. Suas emoções são contidas, ela até usa roupas curtas, mas, depois dos trinta anos, veste-se adequadamente como uma "jovem senhora", o que muito convém. Quando tem seus filhos, chama o marido…

Mais do mesmo machismo

Tenho observado esse mundo totalmente maluco e virado de pernas para o ar e cheguei à algumas conclusões. No fundo, apesar do feminismo, das conquistas que nós mulheres conseguimos, apesar do mercado de trabalho estar aceitando e incentivando a mulher, o machismo silencioso e cruel continua sussurrando seus dogmas em nossos ouvidos e mentes. E é no campo afetivo que mais se comprova tal opinião e com seu total apoio, mulher, colega de sexo e agruras. Você, minha amiga, estuda, se forma, tem alguns diplomas em sua parede (ou não), boas roupas e sapatos, seu carro, seu dinheiro. Dá risada quando alguém fala em casamento ou namoro e sai por aí, fazendo musculação para a periquita. Acha isso o máximo. Ou então, você é daquelas independentes falsas, que adoram falar em suas conquistas, mas no fundo, no fundo não consegue ter uma identidade como mulher se seu marido não está por perto. Ele não precisa nem transar com você e amor? Quem falou em amor? Você quer um casamento porque acha que es…

É proibido

É proibido chorar sem aprender,
Levantar-se um dia sem saber o que fazer
Ter medo de suas lembranças.


É proibido não rir dos problemas
Não lutar pelo que se quer,
Abandonar tudo por medo,

Não transformar sonhos em realidade.
É proibido não demonstrar amor
Fazer com que alguém pague por tuas dúvidas e mau-humor.
É proibido deixar os amigos

Não tentar compreender os que viveram juntos
Chamá-los somente quando necessita deles.
É proibido não ser você mesmo diante das pessoas,
Fingir que elas não te importam,

Ser gentil só para que se lembrem de você,
Esquecer aqueles que gostam de você.
É proibido não fazer as coisas por si mesmo,
Não crer em Deus e fazer seu destino,

Ter medo da vida e de seus compromissos
Não viver cada dia como se fosse um último suspiro.
É proibido sentir saudades de alguém sem se alegrar,

Esquecer seus olhos, seu sorriso, só porque seus caminhos se
desencontraram,
Esquecer seu passado e pagá-lo com seu presente.
É proibido não tentar compreender as pessoas,
Pensar que as vidas deles valem …

Quem manda em mim sou eu

Acabei de ler um post em uma rede social sobre como delegamos poderes aos outros de nos magoar, entristecer ou enraivecer. Exatamente o que penso, a dor é minha, você causou porque eu permiti. Permitimos o tempo todo invasões, ofensas diretas ou veladas, desamor, migalhas, humilhações. E tem o reverso da medalha, aquela pessoa que praticamente pede que o parceiro lhe dê motivos para ficar, como se fosse o parceiro quem decidisse e não você. Quando pedimos motivos para ficar em uma relação é porque dentro de nós, não há mais motivo algum, sentimento algum e vontade alguma de ficar. Apenas o hábito, o comodismo e o medo. E penso assim porque foi assim comigo e com a maioria absoluta dos ex casais que conheço. Se não tivesse vivido na pele, não me convenceria. Mas meu coração sempre soube todas as respostas que minha covardia e conformismo não me deixavam enxergar. Ou aceitar. Eu deleguei ao agora ex o poder de me dar motivos para ficar, pedia, cobrava e sempre avisei; está me deixando e…

Amor e boas risadas

Lendo um texto em outro blog sobre a seriedade nas relações e como as pessoas deixam a relação pesada com a falta de bom humor, fiz uma reflexão. O autor dizia que as relações terminam porque há falta de leveza e não falta de amor. Eu discordo totalmente. Acho que a rigidez e a seriedade, são falta de amor sim, mas de amor próprio. Gente que não se perdoa, morre de vergonha ao cair sentada no chão, que sente vergonha de roupas, de gargalhadas, de emitir algum som estranho e tudo o mais, são pessoas que querem demais agradar aos outros e esquecem da agradar a pessoa mais importante, ela mesma. E quem não se ama e não se aceita, sério, como ser aceito pelo outro? São aquelas mulheres que parecem manequim de loja, vestem-se padronizadas, sem um toque de criatividade; são aqueles homens que parecem estar de uniforme. Pessoas que tem medo de fazer papel ridículo, que morrem de vergonha de qualquer deslize e cobram do outro estar "adequado", não envergonhá-los, reprovação em si e …

Seu machismo e as boazudas

Olá, homem moderno, estou novamente escrevendo para você falando sobre nós, mulheres, o belo sexo. Eu e minhas amigas estamos revoltadas com as outras cobranças absurdas que a sociedade faz sobre nós e que você absorve. Não cometo o mesmo erro de muitas das minhas amigas mulheres e acreditar piamente que você é o responsável por todos os males que nos afligem, sabemos que não é. Mas esse tabu sobre a mulher boazuda e que sabe que o é, que é feminina mas super parceira e, pasme amigo Homem Moderno, ela é inteligente, lhe ama e lhe respeita (inclusive, muito mais do que as chamadas discretas para casar) nos deixa decepcionadas. Como se o pré-requisito para ter uma mulher que chame de sua seja que ela não tenha nem sal e nem pimenta ou que até o tenha, mas não chame a atenção dos seus amigos, que seja "respeitável" e use roupas senhoris ou quase isso depois dos trinta anos. Ah, mas ela deixa o cabelo crescer, ufa, que alento! Olhe só, ela também passa batom nos lábios, nossa, t…

Uma brisa

Nem sei como começar, veio uma vontade muito forte de escrever sobre essa profusão de emoções que estão revirando aqui dentro. Não sei se é seu perfume, seu rosto, seus olhos. Na verdade, é tudo em você, cada milímetro de pele, cada som que sai de sua boca, cada palavra, cada gesto, cada detalhe. Tão você, meu lindo. Todas as maneiras de ser você, deve ser isso. Conheço poucas, mas sei que as outras existem, seus medos, suas paranóias, seus defeitos (tenho certeza de que é genioso), seus esqueletos no armário, suas conquistas, seu jeito tão único e tão magnético de ser. Para mim, é claro. A opinião dos outros não me interessa, a sua sim. Sei que sou um pequeno e magro mistério (entenda, são 1,56m e 51 quilos de gente, hehe) mas me vejo em você. Como se explica esse tipo de situação? Como se lida com isso, não ensinaram nos livros que li e nem nos cursos que frequentei. É a primeira vez que percebo que não estou sozinha nessa história, que posso ser cobrada também. É estranho como nos …