Pular para o conteúdo principal

Postagens

Mostrando postagens de Dezembro, 2016

Ondas

Assim, em ondas
Vem e sufoca, afoga, esmaga
Assim, em ondas
Acaba, derruba, esmorece
Assim, em ondas
Vem e agonia
Aperta o pescoço, rouba o ar, a paz
A vida
Assim, em ondas
Faz engolir água, choro
E me deixa inquieta, atônita
Perdida, asfixiada
Assim, em ondas
Vem esse maremoto e traga meu coração
Anuvia a mente, perde os sentidos
Me faz triste, me faz calada, me faz letárgica
Me faz assim, um tanto menos feliz
Um tanto menos em paz.